domingo, 12 de fevereiro de 2012

Nota Artística


O Benfica realizou ontem um dos melhores jogos desta época, senão o melhor, com nota artística elevada. Nalguns lances houve classe pura com Aimar, Gaitan, Nolito e Rodigo a serem os expoentes máximos.
O lance do segundo golo protagonizado pelo Gaitan e finalizado pelo Cardoso foi um hino ao futebol. Finalmente Gaitan está a regressar à sua boa forma numa altura crucial da época, pois os próximos 3 jogos do Benfica podem definir definitivamente o Campeão deste ano que todos desejamos que seja o Benfica.
Uma palavra especial para o Aimar, ontem voltou a encher o campo com a sua magia. É um privilégio poder   ver ao vivo um jogador de tão grande dimensão, não só futebolística mas também humana.

Jorge Jesus surpreendeu ao colocar Witsel a defesa direito, que diga-se, cumpriu perfeitamente o papel até à entrada do Miguel Vitor, passando Witsel para o seu lugar habitual.
Isto mostra que Jesus conhece os seus jogadores como a palma da mão, sabendo tirar o máximo das suas potencialidades. Há muitos anos que o Benfica não tinha um treinador tão completo e com tanto carisma. Seria bom que ficasse mais anos, contrariando a lógica vigente no futebol português.

A direcção do Benfica tem vindo ultimamente a realizar uma boa politica de bilheteira, criando algumas promoções de que é exemplo a promoção do dia dos namorados, permitindo assim que mais adeptos se possam deslocar ao estádio, o que se verificou mais uma vez ontem, com mais de 53000 espectadores num jogo transmitido em sinal aberto.

Quando ia a sair do estádio, passei pelo parque onde ficam as camionetas de excursão e houve uma que me chamou à atenção, tinha uma placa onde estava escrito Mogadouro, vila pertencente ao distrito de Bragança. Isto mostra bem a dimensão do Benfica e a paixão dos seus adeptos pelo Clube. Num jogo com o Nacional, percorrerem centenas e centenas de quilómetros, chegando a casa madrugada dentro para poderem estar presentes e com o seu apoio darem mais força ao Benfica.

Uma palavra para o velho conhecido Jorge de Sousa, trazia a encomenda mas saiu de mãos a abanar, pois com o Benfica a jogar assim não há hipótese da entrega poder ser feita.

Na próxima quarta feira temos mais um jogo importantíssimo para Liga dos Campeões, o qual vai ser disputado em condições bastante adversas. Penso que o Benfica deverá olhar para este jogo com muito pragmatismo, deixando de lado o fato de gala, tentando com todas as forças trazer um bom resultado para resolver a eliminatória no nosso Estádio.

Força Benfica.


Sem comentários:

Publicar um comentário